NOSSO SHOW EM 1 MINUTO

Polícia Civil do Amazonas deflagra ação e prende homem com armamento, entorpecentes e cerca de 2 mil munições

Por Junior Silva em 16/02/2021 às 12:27:40
Foto Divulgação

Foto Divulgação

Policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) e do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP) deflagraram, nesta segunda-feira (15/02), por volta das 6h, operação policial que culminou na prisão em flagrante de Istelito Barros Ferreira, de 34 anos. Com ele foram apreendidas várias armas de fogo, entorpecentes e cerca de 2 mil munições. A ação ocorreu na rua Treze, bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

A operação teve a coordenação dos delegados Aldeney Goes e Marcelo Martins, respectivamente titulares da DERFD e do 24º DIP. Conforme Aldeney, as investigações iniciaram após as equipes do 24° DIP receberem denúncias relatando que um indivíduo estaria, supostamente, em posse de armas de fogo e munições, que seriam vendidas para uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas que atua no Amazonas.

"Fomos acionados e trabalhamos em uma ação integrada. Conseguimos localizar a casa onde Istelito estava escondido e durante revista no imóvel, apreendemos armamentos, substâncias entorpecentes e cerca de 2 mil munições. As drogas foram encaminhadas à perícia", detalhou Goes.

O titular da DERFD afirmou que as investigações em torno do caso terão continuidade para verificar se o infrator fazia parte de alguma organização criminosa, bem como identificar a participação de outras pessoas no delito.

O delegado Marcelo Martins destacou que a ação foi um sucesso e o trabalho deve continuar. "Agimos de maneira rápida e eficiente para evitar que os armamentos fossem distribuídos pela cidade, o que iria contribuir para o aumento da criminalidade. O nosso trabalho é justamente combater cada vez mais esses criminosos", ressaltou Martins.

Procedimentos – Istelito irá responder por posse ilegal de arma de fogo e munições, e tráfico de drogas. Após os procedimentos cabíveis, ele será encaminhado a Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Portal Nosso Show

Comunicar erro

Comentários

GOV. DO ESTADO - PANDEMIA