NOSSO SHOW EM 1 MINUTO

Banco C6 vê prejuízo aumentar em 2020, para R$ 607 milhões

Por Portal Nosso Show/Redação em 09/04/2021 às 16:46:31

Segundo a instituição, o resultado é “decorrente de investimentos para evolução de sua estrutura operacional” O Banco C6, fundado pelo ex-BTG Marcelo Kalim em 2018, registrou prejuízo líquido de R$ 606,950 milhões em 2020, 149,7% pior que o rombo de R$ 243,034 milhões apurado um ano antes. Segundo a instituição, o resultado é “decorrente de investimentos para evolução de sua estrutura operacional”.

O resultado bruto da intermediação financeira foi de R$ 16,787 milhões em 2020, com queda de 14,2% na comparação anual. As receitas de prestação de serviços, no entanto, saltaram 271,1%, a R$ 123,904 milhões. As despesas de pessoal e administrativa tiveram alta de 93,1%, a R$ 854,431 milhões.

Silvia Zamboni/Valor

Os resultados do banco incluem a C6 Corretora de Títulos e Valores, C6 Holdings, C6 Cayman Branch, NTK Solutions, C6 Corretora de Seguros e a Instituição de Design e Ensino Aprendizagem e Treinamentos (IDEA9). Os resultado do Banco Ficsa, que foi comprado pelo C6 em julho do ano passado e rebatizado de C6 Consignado, foram consolidados desta data até 26 de novembro, quando o controle passou para a Carbon Holding Financeira, que também é controladora do C6. Agora o C6 tem 15% do capital do C6 Consignado.

No seu balanço separado, o C6 Consignado informa que teve prejuízo de R$ 110,975 milhões em 2020. Sua carteira de crédito é de R$ 3,565 bilhões.

A carteira de crédito do C6 atingiu R$ 1,306 bilhão ao fim de 2020, com crescimento de 645,2%.

Em dezembro, o C6 anunciou um aumento de capital de R$ 1,3 bilhão. O aporte avaliou o banco em R$ 11,3 bilhões. O dinheiro veio de um grupo de 40 investidores, entre pessoas físicas e family offices, todos brasileiros. Os atuais acionistas não acompanharam o aporte e foram diluídos. Na ocasião, o banco disse ter atingido a marca de 4 milhões de contas abertas.

O C6 terminou 2020 com um índice de Basileia de 17,33%, ante 12,57% em 2019.

Fonte: Valor Econômico

Tags:   Valor
Comunicar erro

Comentários

VACINA DO AM. GOV. DO ESTADO