NOSSO SHOW EM 1 MINUTO
upe fest

Cetam forma empreendedores em comunidade no município de Uarini

Por Rodrigo Sousa em 30/07/2021 às 14:35:26
FOTOS: Divulgação

FOTOS: Divulgação

O curso Técnico em Gest√£o do Desenvolvimento Sustent√°vel, oferecido pelo Centro de Educa√ß√£o Tecnológica do Amazonas (Cetam) aos moradores da Comunidade do Pun√£, no município de Uarini (a 565 quilômetros de Manaus), visa qualificar essa popula√ß√£o em atividades empreendedoras que aproveitem o potencial da regi√£o e gerem emprego e renda.

A qualifica√ß√£o foi uma demanda específica solicitada pela Funda√ß√£o Amazônia Sustent√°vel (FAS), que atua no apoio à comunidade. O Cetam deu início à formata√ß√£o do curso e convidou parceiros como Servi√ßo Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Secretaria e Ministério do Meio Ambiente para, juntos, construírem o conteúdo aplicado.

A inten√ß√£o do Governo do Amazonas, por meio do Cetam, é contribuir com as comunidades, levando esse curso para que consigam alavancar e desenvolver as cadeias produtivas j√° existentes na comunidade. Atualmente, as aulas do curso ocorrem de forma remota e ele possui carga hor√°ria de 1.200 horas.

"Ser√£o formados líderes para que atuem na comunidade, buscando a sustentabilidade e melhores condi√ß√Ķes na saúde e educa√ß√£o, entre outros segmentos", ressaltou o diretor-presidente do Cetam, José Augusto de Melo Neto.

O curso procura preencher uma lacuna de profissionais habilitados para fazerem a gest√£o de programas e projetos voltados ao alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustent√°vel (ODS), cujas metas est√£o previstas para serem alcan√ßadas até 2030.

De acordo com o coordenador de projetos especiais do Cetam, Glauco Barros e Silva, a forma√ß√£o visa apresentar metodologias para que a diversidade de recursos naturais, existente na regi√£o, possa ser explorada de forma sustent√°vel a fim de garantir maior gera√ß√£o de renda às famílias, melhorando a qualidade de vida.

Para a professora Iasmin Paranatinga, que ministra a disciplina Pr√°ticas Profissionais I, voltada à elabora√ß√£o de projetos sociais e ambientais, o curso é muito importante para os moradores do Pun√£ pois a popula√ß√£o, na regi√£o, é √°vida por conhecimento e busca a melhoria de vida de todos na comunidade.

"É um povo muito trabalhador, que tem vontade de aprender, desenvolver e possui grande conhecimento tradicional que n√£o pode ser descartado. É um público que quer melhorar a condi√ß√£o na qual est√° inserido", comentou.

Após o curso, os 55 alunos estar√£o qualificados para desenvolver projetos e programas que levem à melhoria da qualidade de vida na comunidade. Na opini√£o do aluno Luiz Mac√°rio, o curso é mais uma ferramenta para o desenvolvimento econômico da regi√£o, sem agredir a natureza.

"Manter a floresta preservada e desenvolver o potencial sustent√°vel para a economia é um dos nossos objetivos com o curso técnico, que nos orienta nesse caminho", destacou o aluno, que reside na comunidade desde 1980 e n√£o pensa em sair da regi√£o.

Fonte: Redacao Secom

Comunicar erro

Coment√°rios

Programa arrasou