NOSSO SHOW EM 1 MINUTO
upe fest

Prefeitura discute regras para flexibilizar o uso de máscaras em Manaus

Por Pedro Ferreira em 11/11/2021 às 18:02:23
Fotos - Divulgação / Semsa

Fotos - Divulgação / Semsa

Os critérios para flexibilizar medidas de segurança contra a Covid-19 em Manaus, incluindo a liberação do não uso de máscaras em locais abertos, foram discutidos por representantes da Prefeitura de Manaus e do governo do Amazonas, durante reunião técnica, na manhã desta quinta-feira, 11/11. O objetivo do encontro, de acordo com a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, foi definir as regras para a liberação do equipamento de proteção em ambientes específicos dentro de condições de segurança para a população.

"Até o momento, o Ministério da Saúde não definiu critérios para flexibilização, e as decisões quanto a isso têm sido tomadas diretamente por Estados e municípios, por isso solicitamos à Secretaria de Estado da Saúde (SES) e à FVS (Fundação de Vigilância em Saúde) essa reunião de alinhamento, para discutirmos e oficializarmos as regras de relaxamento no que diz respeito ao uso da máscara em nossa cidade", explicou Shádia.

Também participaram da reunião o subsecretário de gestão da Saúde da Semsa, Djalma Coelho, o secretário da SES, Anoar Samad, a secretária Adjunta de Políticas da Saúde, Nayara Maksoud, e a diretora-presidente da FVS, Tatiana Amorim.

De acordo com Shádia Fraxe, a normatização será elaborada em conjunto e vai levar em conta o percentual de imunização da população e outras variáveis, como indicadores de risco, internações e óbitos pela doença no cenário atual.

A secretária acrescentou que a oficialização dos critérios a serem adotados vai permitir que a Prefeitura de Manaus defina, inclusive, os detalhes da programação oficial das festas de fim de ano. "Precisamos resguardar nossa população e todos os fatores de impacto serão considerados na decisão", apontou Shádia.

Anoar Samad destacou a proximidade do período chuvoso, quando as doenças respiratórias têm maior incidência, e defendeu que no Estado a exigência em relação ao percentual de imunizados seja maior que a observada pelos locais que já liberaram o uso de máscaras em lugares abertos. Ele informou que no âmbito do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), foram trabalhadas algumas propostas de encaminhamento para a flexibilização, mas que estados e municípios irão definir suas normas próprias considerando a realidade local.

Nota Técnica

A expectativa da secretária Shádia Fraxe é de que os critérios para Manaus sejam fechados nos próximos dias e que a decisão, depois de publicada em Nota Técnica conjunta, seja válida a partir de 30 de novembro.

Manaus está, atualmente, com 69%, ou seja, 1.236.869 pessoas da população vacinável (acima de 12 anos) com o esquema vacinal completo. Já com a primeira dose são 89,8%, o que corresponde a 1.604.045 pessoas vacinadas. Em relação à dose de reforço, o município aplicou mais de 104 mil doses em usuários pertencentes aos grupos contemplados atualmente: trabalhadores da saúde e pessoas acima de 50 anos que tomaram a segunda dose há cinco meses ou mais, e os imunossuprimidos com a segunda dose aplicada há, pelo menos, 28 dias.

No total, desde janeiro, quando a Prefeitura de Manaus deu início à campanha de vacinação contra a Covid, foram aplicadas, na capital, 2,9 milhões de doses.


Fonte: Programa Nosso show

Comunicar erro

Comentários

Programa arrasou