NOSSO SHOW EM 1 MINUTO
upe fest

Mulher que sobrevive ao incêndio em loteria do Adolpho Lisboa recebe alta em Manaus

Por Lucas Botelho em 27/09/2022 às 14:26:05
Foto Divulgação

Foto Divulgação

Adrielen Mota de Assis, de 35 anos, a única sobrevivente do incêndio na lotérica do Mercado Adolpho Lisboa, no Centro de Manaus, ocorrido no dia 16 de agosto, recebeu alta médica, nesta segunda-feira (26), após 42 dias internada no Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto por 40 dias.

Outras três vítimas do incêndio não resistiram aos ferimentos de queimaduras de 2º e 3º grau e morreram.

O gerente da loteria, Carlos Henrique da Silva Pontes, de 50 anos, morreu no dia 21 de agosto; Henison Diego da Silva Mota, de 33 anos, morreu no dia 22 de agosto; e a Estefany do Nascimento Lima, de 23 anos, morreu no dia 26 de agosto.

O autor do atentado é o venezuelano Luis Domingos Siso, de 60 anos. Ele passou alguns dias internado no Hospital Pronto-Socorro João Lúcio por conta das agressões que recebeu de populares após o incêndio. Após receber alta, no dia 8 de setembro, Luis foi preso pelo crime.

Ele foi indiciado por quatro crimes: incêndio em edifício público, dano qualificado com emprego de substância inflamável ou explosiva, homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso ou cruel.

Fonte: Emtempo

Comunicar erro
Copa Champions Rios

Comentários

 Family Clinic